NO CORPORATIVO

Programa de Aperfeiçoamento Corporativo

“O Cérebro Executivo"

 

         1. Apresentação

          O Mundo atual exige profissionais qualificados, mas acima de tudo eficientes. E isso tem sido um desafio à sociedade moderna. Com toda qualificação disponível no mercado de trabalho, temos cada vez mais profissionais com dificuldades de alcançar o seu melhor potencial de produtividade com menor gasto de energia e sofrimento. E este fato impacta o meio empresarial como um todo e a cada profissional em particular que poderia alcançar sucesso dispondo de muito mais produtividade e menor gasto de energia. O nosso cérebro tem um funcionamento complexo que depende de grande harmonia na divisão de trabalhos de suas áreas. Temos funções cognitivas no cérebro e funções executivas, sendo estas fundamentais ao funcionamento geral e produtivo.

 

         As funções executivas são as habilidades cognitivas necessárias para controlar nossos pensamentos, nossas emoções e nossas ações. São necessárias para lidar com todas as exigências práticas da vida. E, diariamente, podem causar impactos na vida social, afetiva e intelectual de uma pessoa.

 

 Estão diretamente relacionadas a:

  • Inibição;

  • Planejamento e condução;

  • Tomada de decisão;

  • Organização;

  • Auto monitoramento;

  • Controle emocional;

  • Flexibilidade;

  • Atenção;

  • Memória de trabalho / operacional.

 

      Existem três categorias de funções executivas importantes para o desempenho do trabalho profissional:

  1. O autocontrole, ou seja, a capacidade de resistir contra fazer algo tentador para privilegiar a ação desejada. Ele ajuda o indivíduo a permanecer atento, a agir de forma menos impulsiva e a ficar concentrada em seu trabalho. 

  2. A memória de trabalho, ou seja, a capacidade de conservar as informações na mente, o que permite utilizá-las para fazer o vínculo entre as ideias, calcular mentalmente e estabelecer prioridades. 

  3. A flexibilidade cognitiva, ou seja, a capacidade de pensar de forma criativa e de se adaptar às demandas inconstantes. Ela permite utilizar a imaginação e a criatividade para resolver problemas. 

 

       É fundamental o conhecimento que a neurociência nos traz para conhecer estas funções do nosso cérebro, para a partir de então entender o funcionamento de cada um e buscar recursos de se ancorar nas habilidades que agem a nosso favor e capacitar aquelas que nos prejudicam. Pensando na criação de um espaço de reflexão de tais demandas pensamos no Programa “O Cérebro Executivo” para que possamos junto aos profissionais desenvolver estratégias e ferramentas que possam impactar positivamente o árduo trabalho de construção de alta performance pessoal e corporativa.

        É preciso conhecer as capacidades e dificuldades de cada um individualmente para a partir disso construir ferramentas próprias e eficazes de melhoria de performance. Isso impacta positivamente a vida pessoal, social e profissional de cada um e consequentemente, causa um impacto ainda maior na performance corporativa como um todo. O conhecimento do cérebro e principalmente das funções executivas, são fundamentais na atualidade para ampliar as possibilidades profissionais e corporativas de alto rendimento.

 

            2. Metodologia do Programa

     As atividades serão realizadas presencialmente e estruturada em momentos teóricos e práticos. A parte prática é realizada em forma de oficina de avaliação e vivências práticas visando ferramentas que facilitem o autoconhecimento e aprendizagem de novos comportamentos.

É trabalhado uma avaliação individual para mapear o grau de domínio de competências comportamentais a fim de promover o autoconhecimento e um desenvolvimento profissional assertivo e de sucesso. Cada participante trabalha com avaliação e construção de práticas em cima de Rodas de Habilidades e Competências.

           3. Conteúdos:

               

           Os conteúdos são, inicialmente, únicos para as duas vertentes do Programa “O Cérebro Executivo” – Cérebro Executivo Gestor e Cérebro Executivo Profissional, sendo diferente em uma etapa seguinte:

                                                       Etapa I:

1.  Conhecendo o Cérebro e suas Funções Cognitivas e Executivas

2.  Cérebro Executivo: o maestro de uma orquestra

  • Controle Inibitório: a busca de um equilíbrio

  • Capacidade de planejamento e condução;

  • Tomada de decisão;

  • Organização;

  • Auto monitoramento;

  • Controle emocional;

  • Flexibilidade;

  • Atenção;

  • Memória de trabalho / operacional.

                        

3.  Oficina de Avaliação Individual e em Grupo

                      

4.  Disfunções Executivas do Cérebro – Como lidar com elas

                        

5.  Liderando o próprio Cérebro: um conhecimento que nos faz um pouco mais líder de nós mesmos e empáticos com o outro.

Etapa II:

Para o Programa “O Cérebro Executivo Gestor”, os conteúdos seguintes da etapa I são:

  1. Princípios Atuais de Gestão

  2. Padrões de Comportamento Cerebral – como reconhece-los

  3. Padrões de Comportamento Cerebral – como transformá-los

  4. Gestão Competente na Atualidade

  5. Treinamento e Gestão de Pessoas

  6. Variáveis Internas e Externas próprias das Organizações

  7. Compreensão e Administração do Tempo

  8. Empoderamento na medida certa

  9. Empatia: o reflexo no espelho – aprendendo a lidar com o outro

  10. Tomada de Decisão

  11. Liderança

  12. Capacidade Organizacional

 

                                                          Etapa II:

            Para o Programa “O Cérebro Executivo Profissional” os conteúdos seguintes da etapa I são realizados por módulos de oficinas práticas:

  1. Comunicação Efetiva

  2. Flexibilidade Cognitiva

  3. Planejamento Operacional Cotidiano

  4. Capacidade Analítica

  5. Pensamento Lateral e Criatividade

  6. Crenças e Valores

  7. Ética e Profissionalismo

  8. Capacidade de Negociação

  9. Determinação e Autoconfiança

  10. Liderança e Proatividade

  11. Pensamento Ganha-Ganha

  12. Sinergia e Trabalho em Equipe

  13. Equilíbrio Emocional

  14. Tomada de Decisão

  15. Qualidade e Gestão do Tempo

           

              4. Público Alvo: profissionais corporativos, alunos e profissionais de cursos de gestão, público em geral.